Quando a gente cresce, ganha novas responsabilidades: assume um namoro, escolhe uma profissão, conquista um emprego. Agora, você também é responsável pelo futuro da sua cidade. Está no voto o poder de transformar o seu bairro, melhorar a sua comunidade, defender os interesses da sua galera.

Jovem Eleitor, entre na luta por um país melhor

Está com dúvidas?

Clique nos balões com as perguntas e obtenha as respostas aqui.

  • Quem completar 16 anos até a data da eleição (4 de outubro de 2020) pode tirar o título antes do prazo final.
  • Para votar nas Eleições Municipais de 2020, o prazo final para emissão do título é dia 6 de maio de 2020.
  • Mas você não vai deixar para última hora, né? ;-)
  • É o documento que garante o direito de votar e ser votado*
  • Qualquer brasileiro acima de 16 anos de idade tem o direito de votar e participar do processo de escolha dos seus representantes.
  • * aos 16 você pode votar, mas para ser votado é preciso ter, pelo menos, 18 anos completos. Para saber mais sobre o título de eleitor, acesse: http://www.justicaeleitoral.jus.br/titulo-eleitoral/.
  • Para tirar o título de eleitor, é preciso ir ao cartório eleitoral mais próximo de sua casa, levando documento de identidade e comprovante de residência.
  • Para quem é do sexo masculino e já completou 18 anos, também é preciso apresentar o certificado de alistamento militar.
  • O atendimento pode ser agendado no portal do TRE do seu estado (encontre aqui o link para o TRE do seu estado). Assim, não precisa nem pegar fila.
  • O alistamento eleitoral é super-rápido e você recebe na hora o seu título de eleitor.
  • E pra ficar ainda melhor, é só baixar o app e-Título e ter os serviços da Justiça Eleitoral na palma da mão.
  • O maior problema é não participar da escolha dos seus representantes, afinal: “seu voto tem super poderes”!
  • Ao completar 18 anos, o alistamento eleitoral é obrigatório e, se não tiver o título, pode ter problemas na emissão de outros documentos, como passaporte, CPF e até mesmo para se matricular em instituições de ensino.
O Tribunal Superior Eleitoral não envia e-mails a eleitores para comunicar cancelamento de título eleitoral.