Canal do mesário

   Quer uma cidade melhor?  
  Nós queremos você como mesário voluntário.  

Participe e ajude a garantir a segurança e a transparência das eleições.

Quais os benefícios
de ser um mesário?

Além de prestar um serviço à democracia e ao país, há diversos benefícios para o mesário:

em alguns Estados, pode validar o serviço prestado como horas complementares em cursos universitários (consultar o TRE de cada Estado)
em caso de empate em concurso público, o mesário pode ter vantagem, se o edital prever esse critério;
no dia da eleição, ele recebe auxílio-alimentação no valor máximo de R$35,00 (Portaria TSE nº 377, de 22 de maio de 2019);
por fim, tem direito a dois dias de folga por cada dia trabalhado e de treinamento, sem perder o salário. As folgas devem ser negociadas com o empregador da época da prestação do trabalho como mesário.

Quem pode ser?

Todo eleitor, maior de 18 anos, em situação regular com a Justiça Eleitoral pode ser um mesário.

Você pode ser convocado ou se voluntariar.

Quem não pode ser mesário?

Os candidatos e seus parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau inclusive, e também o cônjuge;

Os membros de diretórios de partidos políticos, caso exerçam função executiva;

As autoridades e agentes policiais Funcionários no desempenho de cargos de confiança do Poder Executivo;

Os que pertencerem ao quadro de servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral.

Como ser um mesário?

Se você quer se voluntariar, acesse a página contendo o link de inscrição do seu estado, ou entre em contato com o cartório eleitoral em que está inscrito como eleitor.
O Cartório Eleitoral vai analisar sua ficha de inscrição e verificar se existe vaga em sua seção de votação.
Havendo vaga e não existindo impedimento, você poderá ser convocado.

Dúvidas frequentes

Posso cancelar minha inscrição como mesário voluntário?

Sim, a qualquer momento. Para isso, recomenda-se entrar em contato diretamente com o cartório eleitoral de sua inscrição. Contudo, o cancelamento não garante que você não será convocado.

Já fui convocado anteriormente, serei novamente?

Não necessariamente. Depende da necessidade do seu cartório eleitoral.

Fui convocado, mas não posso ser mesário. Como justificar a falta?

Nesse caso, você deverá dirigir-se ao cartório eleitoral até cinco dias após a convocação e apresentar a sua justificativa. O pedido será analisado por um juiz eleitoral, que poderá acatá-lo ou não.

Se, após esse prazo, surgir um motivo que impeça o eleitor de atuar como mesário, ele ainda poderá dirigir-se ao cartório eleitoral e pedir dispensa. Se o juiz não aceitar o pedido, o eleitor será obrigado a trabalhar nos dias de votação.

Não justificando a ausência, qual o valor da multa?

O valor da sanção pode variar. O mesário convocado (ou voluntário) que não comparecer deverá justificar formalmente ao Juízo Eleitoral o motivo de sua ausência em até 30 dias após a eleição.

Caso a Justiça rejeite a justificativa apresentada ou, ainda, caso o mesário não apresente os motivos pelos quais se ausentou, estará sujeito ao pagamento de multa de 50% do valor do salário mínimo.

Se o faltoso for servidor público, a pena será de suspensão de até 15 dias.

A penalidade poderá dobrar se a ausência do mesário causar prejuízo às eleições – o não funcionamento de uma seção, por exemplo.

Como comprovar que trabalhei como mesário?

Os mesários receberão declaração expedida pela Justiça Eleitoral como forma de comprovação do trabalho realizado. Em alguns casos, as declarações são entregues nas seções eleitorais no dia da eleição. Mas também é possível emitir por meio eletrônico:

Mesários RS / Mesários SC / Demais estados

Importante! As folgas são negociadas com o empregador, à época da prestação do trabalho como mesário.

Será oferecido algum treinamento?

Sim, a Justiça Eleitoral oferece treinamentos presenciais ou à distância. As informações referentes ao treinamento acompanham a carta de convocação.

Dúvidas também podem ser tiradas entrando em contato com o seu cartório eleitoral.

Como o mesário deve se vestir?

O mesário não pode utilizar roupas ou adereços que contenham qualquer propaganda de partido político, coligação ou candidato.

O mesário poderá incorrer em crime eleitoral se infringir essas regras.

Ainda com dúvidas?

ACESSE NOSSO FAQ COMPLETO