Canal do mesário

   Quer uma cidade melhor?  
  Nós queremos você como mesário voluntário.  

Participe e ajude a garantir a segurança e a transparência das eleições.

Quais os benefícios
de ser um mesário?

Além de prestar um serviço à democracia e ao país, há diversos benefícios para o mesário:

em alguns Estados, pode validar o serviço prestado como horas complementares em cursos universitários (consultar o TRE de cada Estado)
em caso de empate em concurso público, o mesário pode ter vantagem, se o edital previr esse critério;
no dia da eleição, ele recebe auxílio-alimentação no valor máximo de R$35,00 (Portaria TSE nº 377, de 22 de maio de 2019);
por fim, tem direito a dois dias de folga por cada dia trabalhado e de treinamento, sem perder o salário. As folgas devem ser negociadas com o empregador da época da prestação do trabalho como mesário.

Quem pode ser mesário?

Todo eleitor, maior de 18 anos, em situação regular com a Justiça Eleitoral pode ser um mesário.

Você pode ser convocado ou se voluntariar.

Quem não pode ser mesário?

Os candidatos e seus parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau inclusive, e o cônjuge;

Os membros de diretórios de partidos políticos, caso exerçam função executiva;

As autoridades e agentes policiais funcionários no desempenho de cargos de confiança do Poder Executivo;

Os que pertencerem ao quadro de servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral.

Como ser um mesário?

Se você quer se voluntariar, acesse a página contendo o link de inscrição do seu estado, ou entre em contato com o cartório eleitoral em que está inscrito como eleitor.
O Cartório Eleitoral vai analisar sua ficha de inscrição e verificar se existe vaga em sua
seção de votação.
Havendo vaga e não existindo impedimento, você poderá ser convocado.