Youtube
Twitter
Rss
Email
imprimir    salvar

Imprensa

Abertura do 67º Coptrel em Roraima

Solenidade abre 67º Encontro do Colégio de Presidentes dos TREs em Roraima

Cultura regional e homenagens marcaram a abertura do 67° Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), na noite desta quinta-feira (10/3), em Boa Vista, Roraima. O evento foi aberto pelo anfitrião, desembargador Mauro Campello, presidente do TRE-RR e pela presidente do Colégio e do TRE-RN, desembargadora Maria Zeneide Bezerra. A solenidade também teve a participação da presidente do TRE-TO, desembargadora Ângela Prudente, secretária do Colégio de Presidentes, contando ainda com a presença de várias autoridades locais, demais integrantes do Coptrel e do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tarcísio Vieira de Carvalho Neto.


A abertura foi realizada no auditório do Fórum Advogado Sobral Pinto, com a apresentação do grupo de dança indígena Parixara, da comunidade do Canauani. A cultura local também foi registrada na fala do desembargador Mauro Campello, ao recitar poema que trata das belezas de Roraima, saudando todos os presentes. “Além dos importantes temas que serão trabalhados, sediar esse encontro é ainda uma oportunidade para divulgar nosso Estado e movimentar a economia local”, disse o presidente do TRE-RR.


A aproximação da justiça com a sociedade foi tratada pela presidente do Coptrel, que falou da importância da Justiça Eleitoral caminhar cada vez mais próxima do cidadão. “Antigamente o acesso do cidadão a um juiz era muito difícil, a um desembargador então, era quase impossível. Isso não cabe mais nos dias de hoje, precisamos estar cada vez mais próximos da sociedade, participando ativamente dessa transformação social. Para isso, no nosso TRE-RN estamos desenvolvendo várias práticas que estão abrindo as portas da Justiça Eleitoral para o cidadão”, ressaltou.


Reforma Eleitoral

A minirreforma eleitoral também foi tratada na abertura do Coptrel pelo ministro Tarcísio Neto. Em sua fala ele fez uma explanação geral sobre as mudanças que vão reger as eleições de outubro deste ano e reforçou que a Justiça Eleitoral precisará ficar cada vez mais atenta, de modo a evitar fraudes no processo eleitoral. Usando um artigo de jornal que tratava sobre o impacto da seca e da crise econômica nas próximas eleições, o ministro comentou: “essa seca somada, à crise econômica generalizada, pode ter um potencial catastrófico sobre a lisura do próximo pleito eleitoral”. A observação feita pelo ministro trata-se de uma reflexão sobre a fragilidade do eleitor, perante os candidatos e suas infinidades de promessas.


A programação de abertura foi fechada com a palestra: “Participação da Mulher na Política Brasileira”, ministrada pela vice-governadora do Piauí, Margarete de Castro Coelho, que reforçou a importância das candidaturas femininas legítimas, não só para cumprir a legislação.

Homenagens

Durante a solenidade foi realizada a entrega da Medalha do Mérito Eleitoral Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira para os desembargadores Carlos Henrique Rodrigues e Robério Nunes dos Anjos.

 

Eleitor do Futuro

Durante a abertura do Coptrel também foi feita uma apresentação do programa Eleitor do Futuro, realizado com louvor pelo TRE-RR junto as escolas públicas e privadas do estado. Na oportunidade, foram entregues certificados e troféus a alunos e professores indígenas e demais envolvidos no projeto. 


Kézia Reis - ASCOM - TRE-TO

 

 

Gestor Responsável: Tribunal Regional Eleitoral - TO +

Quem somos

Contatos