Programa Eleitor do Futuro

Histórico:

O Programa Eleitor do Futuro foi idealizado pelo Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira, em 2003, quando Corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, e foi proposto e aceito ao Colégio de Corregedores dos Tribunais Eleitorais do Brasil presidido, à época, pelo Desembargador Mauro Campello e logo implementado por alguns Estados da federação.

Desde a sua idealização e implementação, o Programa promove e capacita crianças e adolescentes de 07 a 17 anos de idade em matéria de educação política, por meio de atividades pedagógicas diversas como palestras e simulações de eleições com urnas eletrônicas. Além disso, faz uso dos mais diversos instrumentos lúdicos como peças teatrais, gincanas e atividades recreativas, que tem como objetivo esclarecer esses jovens acerca do papel do voto na construção de uma cidadania efetiva e na consecução de melhorias para a comunidade em geral.

No ano de 2006 o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, afinado com o espírito do Colégio de Corregedores e por meio da Escola Judiciária Eleitoral – EJE institucionalizou oficialmente o Programa Eleitor do Futuro com a finalidade de ampliar, capacitar e mobilizar o contingente de jovens e futuros eleitores do Estado ao exercício livre e consciente do direito de votar e ser votado. Desde lá, o Programa focou em duas grandes linhas de trabalho:

1) campanha de alistamento eleitoral nas escolas; 

2) educação política por meio da realização de palestras.

Objetivo:

O objetivo do Programa Eleitor do Futuro é ampliar, capacitar e mobilizar o contingente de jovens e futuros eleitores Pernambucanos ao exercício livre e consciente do direito de votar e ser votado, mediante a implantação de um trabalho sistemático e interdisciplinar com o desenvolvimento regular de treinamentos com urna eletrônica, realização de eleições parametrizadas, visitas guiadas à Justiça Eleitoral e palestras sobre cidadania e democracia, tudo com o fito de suscitar reflexões acerca de temas como a importância do voto e suas consequências; o voto do adolescente de 16 e 17 anos; causas e consequências da corrupção eleitoral; voto do analfabeto; a importância dos partidos políticos; a participação direta do cidadão; os poderes da República; história e evolução do voto no Brasil., etc.

Objetivos específicos:

  • Levar às escolas da rede pública e particular de Pernambuco, por meio de atividades lúdicas e pedagógicas, a temática da Cidadania Política e sua importância nos regimes democráticos de direito;

  • Treinar alunos de 07 a 12 anos, por meio de atividades lúdico-pedagógicas, acerca da importância do voto para a consecução do bem comum;

  • Capacitar adolescentes e jovens eleitores de 13 a 17 anos, por meio de palestras e debates, acerca do seu papel de cidadão em uma sociedade democrática;

  • Aumentar o contingente de jovens eleitores através do incentivo à participação política e ao voto;

  • Esclarecer o público-alvo a respeito dos traços constitutivos do Estado brasileiro e do processo eleitoral.

Desde sua implantação, foram muitas as atividades desenvolvidas dentro do Programa Eleitor do Futuro e já foi ultrapassada a marca dos 50.000 estudantes atendidos. Dentre as ações previstas no Programa, foram realizadas as seguintes:

Ano 2017: Palestras realizadas até Setembro

Ano 2016: Palestras realizadas

Ano 2015: Palestras realizadas

Ano 2014: Palestras realizadas

Ano 2013: Palestras realizadas

Ano 2012: Palestras realizadas

    Concurso de Frases

Ano 2011: Palestras realizadas

   

O Programa Eleitor do Futuro é destinado a todas as escolas de Pernambuco, públicas e privadas, que podem solicitar ações educativas para crianças e adolescentes na faixa etária de 7 a 17 anos, realizadas por servidores da Justiça Eleitoral devidamente capacitados para esse fim, com o objetivo de disseminar conhecimentos relativos à cidadania e a democracia tais como a importância do voto livre e consciente, segurança do voto eletrônico e o papel da Justiça Eleitoral no processo democrático brasileiro.

Essas ações são disponibilizadas no formato de PALESTRAS para alunos na faixa etária de 13 a 17 anos e destinadas aos municípios cujos Cartórios Eleitorais possuam servidores capacitados para ministrá-las. Nossa meta é capacitar novos servidores deste Regional de forma a permitir que o Programa atinja o maior número possível de municípios do Estado.

As escolas interessadas no agendamento de palestras do Programa Eleitor do Futuro deverão, através do link abaixo, selecionar o município de origem e preencher os campos de identificação da escola e do seu representante e seguir todos os passos até a conclusão da solicitação e aguardar que um servidor responsável entre em contato com o representante indicado pela escola para confirmar a solicitação.

Sugerimos que a escola desenvolva atividades com os alunos com temas propostos pelo projeto. Essas atividades podem acontecer antes e/ou depois do encontro com os servidores do Tribunal, quando teremos alunos mais preparados e interessados no debate.

Sejam bem-vindos Projeto Eleitor do Futuro!

Escola Judiciária Eleitoral – EJE
Diretor: Dr. Delmiro Dantas Campos Neto
Vice-Diretor: Dr. José Raimundo dos Santos Costa
Coordenador: Eduardo Sérgio Japiassú Correia Lima (3194 - 9445)

Servidores da Secretaria:
Ana Cláudia de Andrade Lima (3194 - 9553)
Giovanna de Aguiar Dalla-Riva (3194 - 9447)

Programa Eleitor do Futuro (3194 - 9216)

Servidor:
Jeovane Vieira Ramos (3194-9216)

Estagiários:
Marina Laporte Cotias
Philipe Pedro Santos Xavier

Endereço Eletrônico: