Biometria

Coleta de Dados Biométricos - Foto: Alair Ribeiro/TRE-MT

A BIOMETRIA É OBRIGATÓRIO EM CUIABÁ, VÁRZEA GRANDE E SINOP.


O agendamento só está disponível para Sinop. Em Cuiabá e Várzea Grande atendimento acontece por ordem de chegada.

A Justiça Eleitoral iniciou a revisão do eleitorado, com uso da biometria, nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande e Sinop. O comparecimento é obrigatório e os eleitores que não atenderem ao chamado da Justiça Eleitoral terão o título cancelado. O sistema de agendamento está disponível, apenas, para os eleitores de Sinop. Em Cuiabá e Várzea Grande, o atendimento será por ordem de chegada.

Eleitor de Sinop agende seu atendimento pelo telefone 0800-6478191 ou clique aqui.

Os eleitores que já fizeram cadastramento biométrico nestes três municípios não precisam comparecer a revisão.

 

Veja abaixo os locais e horários de atendimento em Cuiabá, Várzea Grande e Sinop:

Cuiabá

Casa da Democracia, anexo ao prédio do TRE (avenida Rubens de Mendonça – CPA). Das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo para o almoço.

2º Subsolo do Goiabeiras Shopping. Das 10 às 20h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo para o almoço.

Várzea Grande

Central de Atendimento ao Eleitor situada na Avenida Castelo Branco, nº 47, Centro. Das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo para o almoço.

Central de Atendimento ao Eleitor situada na avenida Gonçalo Botelho de Campos, 2.367, bairro Cristo Rei. Das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo para o almoço.

Sinop

Central de Atendimento ao Eleitor situada na Rua das Grevíleas, nº 442, Setor Comercial Sul. Das 7h30 às 17h30, sem intervalo para o almoço, de segunda a sexta-feira.

Central de Atendimento ao Eleitor situada na Rua das Figueiras, nº 980, Setor Comercial Norte. Das 7h30 às 17h30, sem intervalo para o almoço, de segunda a sexta-feira.

 

Veja documentos necessários:

·         Documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei);

·         Comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). Os comprovantes devem estar em nome do requerente, de seu cônjuge ou companheiro (a) ou de parente seu em linha reta consanguínea, até o 2º grau (pais, filhos, avós, netos), ou por afinidade, limitando-se, neste último caso, aos ascendentes do cônjuge ou companheiro (sogro e sogra);

·         Comprovante de quitação com o serviço militar (apenas para homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título).

 
Atenção: A CNH e o Passaporte não são aceitos como documento de identificação para o alistamento, ou seja, para emissão do primeiro Título de Eleitor.