imprimir    salvar

Votação Paralela

A votação paralela é uma auditoria que ocorre no dia das eleições e para a qual são convidados fiscais de partidos políticos e coligações, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil, bem como entidades representativas da sociedade.

O procedimento é adotado pela Justiça Eleitoral para confirmar a segurança da urna eletrônica.

No TRE-MT serão sorteadas 3 (três) urnas eletrônicas para serem auditadas no 1º turno e 2 (duas) urnas no 2º turno (se houver).

O sorteio das urnas é público e acontecerá na véspera do pleito.

Confira abaixo os documentos relacionados à Votação Paralela nas Eleições 2016:

O que é a votação paralela?

Resolução TSE nº 23.458/2015 – Dispõe sobre a auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas

Resolução TRE-MT nº 1827/2016 – Designa os membros da comissão

Edital nº 1/2016 – Divulga o cronograma dos trabalhos da comissão

Edital nº 5/2016 - Divulgação dos trabalhos - 2º Turno

Gestor Responsável: Corregedoria Regional Eleitoral +