banner sintonia

Notícias do TRE - 2 de dezembro

Vice-presidente participa de encontro de TREs em Brasília

O vice-presidente e corregedor do TRE, desembargador Edgard Penna Amorim, está representando o Tribunal na reunião do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), que acontece nesta sexta-feira (2), em Brasília. Durante o encontro, o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, agradeceu o empenho de cada regional para o êxito das eleições municipais deste ano e falou sobre os desafios que a Justiça Eleitoral deve enfrentar em 2017. Confira outras informações sobre o evento lendo a notícia publicada no site do TSE. 

 

Desembargador Carlos Henrique Braga recebe homenagem do TRE

Em sessão solene na tarde da quinta-feira (1º), o desembargador Carlos Henrique Perpétuo Braga foi homenageado com a outorga da Medalha do Mérito Acadêmico Eleitoral Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira e o descerramento de seu retrato na Galeria dos Diretores Executivos da Ejemg. O magistrado coordenou os trabalhos da Escola entre 30 de junho de 2014 e 25 de junho de 2016, e atualmente exerce a função de superintendente administrativo do Tribunal de Justiça.

Ele foi saudado por todos os integrantes da Corte Eleitoral; pelo atual diretor executivo da Ejemg, juiz Ramon Tácio de Oliveira; e pelo presidente do TJ, desembargador Herbert Carneiro. O presidente do TRE, desembargador Domingos Coelho, destacou a “atuação magistral” do homenageado à frente da Escola Judiciária. Em seu discurso, o desembargador Carlos Henrique Braga agradeceu à família, aos magistrados e amigos presentes e aos desembargadores Geraldo Augusto e Paulo Cézar Dias, com quem trabalhou no TRE, “casa que tanto amo”. Os servidores atuais da Escola e outros que já trabalharam lá fizeram questão de acompanhar a cerimônia e registrar o encontro com o desembargador.

Saiba mais sobre a homenagem na notícia publicada no site.


Sempe volta aos atendimentos normais

Nessa quinta (1º), a Sempe voltou a atender normalmente as demandas. Segundo o Comunicado 025/2016 da SGA, na última quarta (30) foi concluído o inventário de bens do TRE. A Sempe registra um agradecimento especial aos membros da Comissão de Inventário de Bens Permanentes, pela seriedade e celeridade nos trabalhos. 
 


Primeira eleição parametrizada de Minas com a urna eletrônica

A primeira eleição parametrizada ou não-oficial com a urna eletrônica em Minas Gerais ocorreu no dia 15 de novembro de 1997, no Bairro São Geraldo, Zona Leste de Belo Horizonte. Foi lá que cerca de quatro mil eleitores, das 8h às 17h, tiveram a chance de escolher a nova diretoria da Associação Comunitária do bairro. Duas chapas concorreram. Aquele feriado (em que se comemora a Proclamação da República) teve um ambiente de dia de votação oficial, com ares de modernidade, pois, afinal de contas, era a primeira vez que o evento acontecia sem o uso das cédulas de papel. A “festa” da votação eletrônica foi na Escola Municipal Monsenhor João Rodrigues, e a novidade foi aprovada por todos, inclusive por idosos e analfabetos. “Votar nesse tipo de urna é mais fácil que no papel, pois aparecem o número e a foto dos candidatos”, disse o encarregado de obras Milton Marques de Oliveira, morador da região. À época, o TRE-MG cedeu 10 urnas eletrônicas para o evento, que contou com o apoio técnico do Tribunal e com 12 seminaristas da paróquia local que atuaram como mesários (treinados pelo TRE mineiro). O empréstimo de urnas eletrônicas para eleições parametrizadas está regulamentado por meio das Resoluções 22.685/2007/TSE e 745/2009/TRE-MG.


Texto: José Luís Cantanhêde (Assessoria de Cerimonial e Memória) 

Fonte: jornais Estado de Minas e O Tempo, novembro de 1997


Mais uma colega deixa o Tribunal

Foi publicada, no DJE desta sexta-feira (2, formato PDF), a aposentadoria de Elaine Teixeira Franco, que trabalhava na Seção de Registros Funcionais.


Deu no Twitter...

#TCU disponibiliza manual para combater #corrupção em órgãos públicos. https://t.co/DnDfU46CO4 

 

Presidente do TSE fala em sessão do Senado que discute projeto sobre abuso de autoridade


Na última quinta (1º), o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, falou na sessão especial do Senado Federal que debate o Projeto de Lei 280/2016, cuja proposta é aumentar a pena para casos de abuso de autoridade. O projeto está previsto para ser analisado na próxima semana. O ministro ainda citou sua experiência exercendo a presidência do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, quando enfrentou a questão do sistema carcerário brasileiro e solucionou diversas situações em que presos provisórios estavam encarcerados por mais de uma década.

É notícia no site do TSE.



Grupo Corpo apresenta Benguelê e Lecuona em Belo Horizonte, com preço popular


Entre os dias 13 e 18 de dezembro, o Cine Theatro Vallourec (Av. Amazonas, 315 - Centro, Belo Horizonte) recebe uma temporada popular do Grupo Corpo, com os espetáculos Benguelê e Lecuona. As apresentações ocorrem às 20h30, de terça a sábado, e às 19h, aos domingos. Os ingressos, que começam a ser vendidos no dia 5 de dezembro, custam R$ 20 e poderão ser adquiridos na bilheteria do teatro ou pela internet.

Benguelê, lançado em 1998, tem coreografia de Rodrigo Pederneiras e música de João Bosco. O espetáculo é uma exaltação ao passado africano e às suas marcantes e profundas raízes na cultura brasileira.

Lecuona, que estreou em 2004, tem coreografia de Rodrigo Pederneiras e música de Ernesto Lecuona. É uma sequência de 38 minutos de pas-de-deux (dança a dois) e uma única formação de grupo, ao som de doze doridas canções de amor e uma valsa. O espetáculo esbanja sensualidade e fala de sentimentos como amores ardentes, ciúmes nefastos, corações partidos, saudades brutais, desprezo, rancor e indiferença. 

Mais informações pelo telefone (31) 3201-5211.

Gestor Responsável: Seção de Produções Jornalísticas +