imprimir    salvar

Sedes do TRE-MG

Inicial




 

 

1932-1937

Praça da República (atual Praça Afonso Arinos) / Praça Rio Branco

 Em sua primeira fase, entre 1932 e 1937, o TRE-MG funcionou em duas sedes. Na primeira, na antiga Praça da República (atual Praça Afonso Arinos), dividiu o espaço com o Conselho Consultivo do Estado de Minas Gerais, edifício que foi posteriormente ocupado pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais, tendo sido destruído por um incêndio em 1959, dando lugar ao atual edifício da PrevMinas – Caixa de Previdência e Assistência. Em meados de 1934, o TRE-MG transferiu-se para o palacete neoclássico situado na Praça Rio Branco (atualmente conhecida também por Praça da Rodoviária), funcionando ali até sua extinção, em novembro de 1937. O edifício, que atualmente abriga a Secretaria de Estado da Agricultura encontra-se atualmente tombado pelo Patrimônio Público Estadual. 

 

 

 

 

 




1945-1948

Rua Bernardo Guimarães, 1.468

Sede do TRE-MG quando da reinstalação da Justiça Eleitoral no Brasil em 1945. Essa pequena casa localizada à Rua Bernardo Guimarães, 1.468, teve sua sala de jantar convertida em Sala de Sessões. Atualmente, é sede da Junta Administrativa de Recursos de Infrações – JARI, do Departamento de Trânsito de Minas Gerais – Detran-MG.

 

 

 




1948-1961

Rua Tamoios, 341

A sede do TRE-MG da Rua Tamoios, 341 foi, originalmente, ocupado pela Sociedade Italiana de Beneficência e Mútuo Socorro, de 1897-1935. Em 1935, o prédio foi remodelado para ser a sede da Casa d`Italia. Em virtude da Segunda Guerra Mundial, o prédio foi desapropriado e entregue à Assembléia Legislativa de Minas Gerais. Inicialmente, o TRE ocupou todo o prédio, mas logo depois, passou a dividir o espaço com os deputados estaduais mineiros. De 1973 a 1988, abrigou a Câmara Municipal de Belo Horizonte e, nos anos 90, foi demolido para dar lugar a um hotel. 

 

 





1961-1972

Avenida Augusto de Lima, 1.549

Tendo em vista ampliar o espaço ocupado pelo TRE, a sede do tribunal foi transferida para a Avenida Augusto de Lima, 1.549. Sede do Colégio Estadual de Minas (atual Escola Estadual Governador Milton Campos) de 1943 a 1956 e do Colégio Militar de Belo Horizonte entre 1956-1959, foi demolido na década de 70 para dar lugar ao atual prédio do Fórum Lafayette. 

 

 

 

 

 


1972-2004

Avenida Prudente de Morais, 320

Primeiro edifício construído para a sede do TRE-MG, o prédio da Avenida Prudente de Morais, 320 foi inaugurado em 20 de junho de 1972 e batizado de Palácio Desembargador Edmundo Lins. O terreno para a sede própria, doado pela Prefeitura, fora aceito pelo Desembargador Antônio Pedro Braga, então Presidente do Tribunal, no início da década de 60, e, apesar da polêmica gerada quanto às condições geográficas e hídricas da região, as obras começaram em 1962, tendo sido concluídas oito anos depois, em meados de 1970......

 

 

 

 

 



2004-

Avenida Prudente de Morais, 100

A sede anterior, também na Avenida Prudente de Morais (320), inaugurada em 1972, já não comportava mais o número de servidores, que triplicou nos últimos 30 anos, e de equipamentos e já se mostrava insuficiente para o atendimento aos usuários. Assim  sendo, em 3 de setembro de 2004 foi inaugurada a nova sede, um edifício de 13 andares, com 5.666,86 m² de área construída, localizado na Avenida Prudente de Morais, 100. A sede  anterior continua de posse do TRE, abrigando vários setores do Tribunal.

 

Gestor Responsável: Assessoria de Cerimonial e Memória +